Home Sobre nós Serviços Novos sócios Bolsas Mecenas Contactos English Français
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"
Helena Vaz da Silva LER BIOGRAFIA

1º PRÉMIO HELENA VAZ DA SILVA A CLAUDIO MAGRIS

A entrega teve lugar no 21 de Outubro na Fundação Calouste Gulbenkian

Discursos

Claudio Magris (Cerimónia de entrega do Prémio HVS 21/10/13)

Guilherme d'Oliveira Martins, Presidente do Centro Nacional de Cultura (Cerimónia de entrega do Prémio HVS 21/10/13)

Denis de Kergolay, Presidente Executivo da Europa Nostra (Cerimónia de entrega do Prémio HVS 21/10/13)

Presidente da República (Cerimónia de entrega do Prémio HVS 21/10/13)

Durão Barroso, Presidente da Comissão Europeia (video transmitido durante a cerimónia de entrega do Prémio HVS)

Mensagem de Plácido Domingo, Presidente da Europa Nostra


Press

"Sem abrigo" da escrita defende um Estado europeu (Rádio Renascença 22/10/13)

Claudio Magris recebe esta segunda-feira em Lisboa Prémio Europeu Helena Vaz da Silva (Público 21/10/13)

Claudio Magris recibe premio en Lisboa (El Universal 21/10/2013)

Cavaco defende Europa que preserve a paz, a tolerância e a prosperidade (DN noticias 21/10/13) 


 

21 de Outubro às 18h
Fundação Calouste Gulbenkian, Auditório 3


• Entrega do 1º Prémio Europeu Helena Vaz da Silva para a divulgação do Património Cultural ao escritor italiano Claudio Magris e menções especiais do júri aos jornalistas Ozgen Acar (Turquia) e Olivér Kovács (Hungria)

• Homenagem aos galardoados portugueses com o Prémio Europa Nostra 2013: Liceu Passos Manuel, Chalet da Condessa d’Edla, Fundação Ricardo Espírito Santo e projeto SOS Azulejo (Grande Prémio).


O Prémio Europeu Helena Vaz da Silva para a divulgação do Património Cultural, instituído pela Europa Nostra, pelo Centro Nacional de Cultura e pelo Clube Português de Imprensa e apoiado pelo Turismo de Portugal, pelo Banco Espírito Santo, pela Secretaria de Estado da Cultura e pela Representação da Comissão Europeia em Portugal, foi atribuído, pela primeira vez, ao escritor italiano Claudio Magris, que se distinguiu como autor de “uma obra notável sobre a identidade europeia, como realidade diversa que se deve preservar enquanto património material e imaterial”.

Ao atribuir o Prémio Europeu Helena Vaz da Silva a Claudio Magris, o Júri foi também sensível aos esforços continuados de Olivér Kovács e Ozgen Acar, o primeiro pela mobilização dos cidadãos a favor do Património da Hungria, e o segundo pela luta internacional contra o tráfico ilegal de tesouros do Património com origem na Turquia », tendo deliberado atribuir-lhes uma Menção Especial.

O escritor receberá o Prémio no dia 21 de outubro às 18h numa sessão que terá lugar na Fundação Calouste Gulbenkian (auditório 3) e que prestará também homenagem aos galardoados portugueses com o Prémio Europa Nostra 2013: Liceu Passos Manuel, Chalet da Condessa d’Edla, Fundação Ricardo Espírito Santo e projeto SOS Azulejo.



Claudio Magris
- académico, publicista e escritor, nascido em Trieste em 1939, diplomado pela Universidade de Turim, titular da Cadeira Europeia do Colégio de França e professor honorário da Universidade de Copenhaga -, tem-se dedicado à defesa permanente do Património Europeu. Os seus livros contribuíram para o conhecimento literário da cultura europeia e para o conceito de Mitteleuropa, tendo já sido apontado como um dos candidatos favoritos ao Prémio Nobel.

Professor de literatura alemã e tradutor, colabora regularmente para o jornal italiano “Corriere della Sera”. Escreveu vários livros de ensaio e ficção, entre os quais “O mito habsbúrgico na literatura austríaca moderna”, “Atrás das palavras”, “Microcosmos” - este vencedor do Prémio Strega, de 1997 -, e “A história não acabou”.

Em 2004, recebeu o Prémio Príncipe de Astúrias, de Letras, com o seu livro mais icónico, “Danúbio”, um romance classificado na categoria de literatura de viagens - já traduzido e editado em Portugal -, cujo tema principal é uma incursão e um pretexto para explorar e dissertar sobre a cultura centro-europeia, ou seja, a Mitteleuropa.

As candidaturas ao Prémio 2014 devem ser propostas até ao dia 31 de Dezembro de 2013 pelas entidades promotoras do Prémio - Europa Nostra, Centro Nacional de Cultura e Clube Português de Imprensa.


Mais informações:
Teresa Tamen
Centro Nacional de Cultura
ttamen@cnc.pt; Tel. 21 346 67 22

Edição: 05 de dezembro de 2013