Passeios de Domingo

Inspirado no trecho de José Régio “e davam grandes passeios ao Domingo”, o CNC lançou a ideia do primeiro Passeio de Domingo em 11 de Janeiro de 1979, com um encontro marcado através dos jornais, junto da estátua do Terreiro do Paço.

Desde então, realizaram-se mais de 10.000 visitas guiadas aos fins de semana, ora em Lisboa, ora também por todo o país. Com elas se vai dando a conhecer, com o apoio de especialistas e das instituições locais, o património histórico-artístico e etnológico português através de visitas a museus, monumentos, fábricas, bairros, escolas, ateliers de artistas, bem como o património natural através de marchas na montanha, subida de rios, prática de espeleologia e visitas a reservas naturais.

O Centro Nacional de Cultura decidiu adiar todas as atividades previstas até ao final deste trimestre, por isso não se vão realizar os passeios a Avis (28 de março) e Percurso Urbano em Lisboa (29 de março), bem como o percurso sobre Aquilino Ribeiro em Lisboa, que tinha já sido adiado para 22 de março.

Subscreva a nossa newsletter