Agenda

Os Portugueses ao encontro da sua História: Roma e Vaticano

De 7 a 13 de junho de 2022, com Cardeal D. José Tolentino Mendonça, Francisco de Almeida Dias e Guilherme d’Oliveira Martins

Roma é eterna, desde as míticas origens ao apogeu Romano. Pelos séculos fora, tem sido centro da Cristandade e coração afetivo (e geográfico) da Europa. Entre as muitas cidades que conserva em si, uma desconhecida: a Roma portuguesa.

Francisco de Almeida Dias

O ciclo Os Portugueses ao encontro da sua História regressa em 2022

Recomeçamos com viagens mais curtas e seguras, visitando Roma e a Biblioteca e Arquivos Apostólicos da Santa Sé, no Vaticano, onde a presença portuguesa é bem visível.

Estamos a preparar um programa que evoca importantes figuras da nossa História. Incluirá, entre outros locais, a Igreja de Santo António dos Portugueses, Campo dei Fiori – onde esteve instalado o antigo Hospital da Igreja Lisbonense -, a igreja de San Salvatore in Lauro – onde o Padre António Vieira pregou, Santa Maria del Popolo e o túmulo do Cardeal de Alpedrinha, Dom Jorge da Costa. Visitaremos ainda São João de Latrão, o bairro Monti – onde Dona Guiomar de Lisboa representa o papel das mulheres na portugalidade de Roma, os lugares por onde passou de Domingos Sequeira e a Accademia di San Lucca, onde se conserva um trabalho do pintor.

Iremos igualmente a Viterbo para visitar o túmulo de João XXI e, nos arredores de Roma, a Villa Palazzolo.

Destacamos a visita à Biblioteca e Arquivo Apostólicos da Santa Sé, na qual seremos acompanhados pelo Cardeal D. José Tolentino Mendonça.

Seremos guiados em toda a viagem pelo Doutor Francisco de Almeida Dias, Professor de Literatura Portuguesa na Universidade de Viterbo, que tem uma longa ligação a Roma e é autor do livro Roma portoghese. Storie e memorie di angeli, santi, ambasciatori ed elefanti, (Solfanelli, 2021) e pelo Professor Guilherme d’Oliveira Martins que fará a ligação entre as várias vertentes deste projeto.

PROGRAMA PROVISÓRIO

Terça-feira, 7 de junho | Lisboa / Roma
Viagem e jantar em Roma

Quarta-feira, 8 de junho | Vaticano
Dia acompanhado pelo Cardeal D. José Tolentino Mendonça

Dia dedicado a visitas no Vaticano que incluem a participação na Audiência Papal, uma oportunidade para escutar presencialmente a catequese semanal do Papa Francisco, a visita aos Museus do Vaticano e Basílica de São Pedro, numa imersão num património absolutamente incomparável do ponto de vista artístico e com uma intensidade espiritual única. Um diálogo que iluminou tantos mestres lusitanos do passado, cujo poder inspirador permanece intacto e a visita à Biblioteca e ao Arquivo Apostólicos do Vaticano, uma raríssima oportunidade de contactar com duas instituições vaticanas que conservam alguns dos tesouros mais fascinantes da história do cristianismo e da humanidade. Entre eles, também alguns tesouros culturais que ajudam a compreender Portugal.

Quinta-feira, 9 de junho | Roma
Dia de visitas a pé com Francisco de Almeida Dias e Guilherme d’Oliveira Martins

Dia dedicado a passeios a pé pela cidade, incluindo Praça Augusto Imperatore para visita ao antigo Anfiteatro Correia, onde os portugueses de Setecentos apresentaram as touradas em Roma, passeio pela Via dei Condotti, evocando o arquiteto português Emanuel Rodrigues dos Santos e o grande pintor português Domingos António de Sequeira, que ali viveu e morreu.

Sob o signo do cardeal de Alpedrinha, D. Jorge da Costa: da Praça de San Lorenzo in Lucina pela via del Corso até à Piazza del Popolo. Regresso ao hotel pela Via di Ripetta e evocação da figura de Leonor da Fonseca Pimentel, heroína da Revolução Napolitana.

Sexta-feira, 10 de junho | Roma
Dia de visitas a pé com Francisco de Almeida Dias e Guilherme d’Oliveira Martins

Dia dedicado a passeios a pé pela cidade, passando no Castel Sant’Angelo, atravessando a Ponte, paragem em frente ao antigo Pontificio Collegio Portoghese e percurso pela bela rua dos antiquários, a Via dei Coronari, até à Igreja San Salvatore in Lauro, evocando a figura de Padre António Vieira. Na Piazza Navona, visita à Igreja de Sant’Agnese in Agone e à Igreja e Oratorio dei Filippini, cuja biblioteca foi fundada pelo humanista português Aquiles Estaço.

No Campo dei Fiori, evocação da memória do antigo Hospital da Igreja lisbonense e, na Piazza Farnese, do casamento de Alessandro, Duque de Parma e Piacenza com a neta do rei D. Manuel. Pela ponte sobre o Tibre chega-se a Trastevere – visita às basílicas de Santa Maria (D. Miguel da Cunha) e à basílica de San Crisogono, título cardinalício de D. Antão Martins de Chaves, fundador de Santo António dos Portugueses.

Sábado, 11 de junho | Roma / Rocca di Papa / Roma
Dia de visitas com Francisco de Almeida Dias e Guilherme d’Oliveira Martins

De Monti a São João de Latrão: evocação de Alexandre de Sousa e Holstein e da Academia Portuguesa de Roma. Descendo pela Via dei Serpenti, chegada à casa onde uma nobre lisbonense, Guiomar, que instalou o primeiro hospital para peregrinos portugueses. Continuando pela Via degli Annibali, deparamo-nos com o Coliseu para ir da Via de San Giovanni in Laterano até ao antigo Convento dos Santi Quattro Coronati, que foi título do Cardeal-Rei D. Henrique. Muito próximo, visita à basílica de São João de Latrão.

Viagem até Rocca di Papa para visitar o antigo convento e jardins de Santa Maria das Neves de Palazzolo, evocando Frei José Maria da Fonseca e Évora.

Domingo, 12 de  junho | Roma / Viterbo / Roma
Dia de visitas com Francisco de Almeida Dias e Guilherme d’Oliveira Martins

No Capitólio, nova evocação de Frei José Maria da Fonseca e Évora, cuja Igreja de Santa Maria in Aracoeli beneficiou, conservando-se aí memórias suas. Da praça onde nasceu Roma, vista dos fora romanos e, descendo em direção ao Circo Máximo pela Via de San Teodoro, chegada à Basílica de Sant’Anastasia, reedificada pelo Cardeal D. Nuno da Cunha.

Partida em autocarro com destino a Viterbo.

Visita à Catedral e o túmulo de João XXI.

Regresso a Roma

Segunda-feira, 13 de  junho | Roma / Lisboa
Dia de visitas com Francisco de Almeida Dias e Guilherme d’Oliveira Martins

Partida a pé do hotel para visita ao Instituto de Santo António dos Portugueses incluindo a Igreja Nacional e algumas das estruturas adjacentes – Pátio, Salão Nobre, Sala Amarela e Biblioteca

Regresso a Lisboa
22h25 – Chegada a Lisboa

FIM DA VIAGEM

As inscrições na viagem estão esgotadas.


Organização:

Apoio:

Subscreva a nossa newsletter