Passeios de Domingo

Património e Memória: Abrantes

Sábado, 27 de novembro de 2021

A propósito da recente inauguração do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte, situado no Convento de São Domingos, cujo projeto museográfico é da autoria no Prof. Fernando António Baptista Pereira, revisitamos Abrantes. A preservação e divulgação de um valioso espólio arqueológico está na origem da criação deste Museu, onde podemos encontrar coleções de Arqueologia e Arte que vão desde os tempos pré- -históricos até à época contemporânea, de proveniência local, nacional e internacional. De facto, as origens de Abrantes estão perdidas no tempo, tendo sido conquistada aos Mouros pelo primeiro Rei Português, D. Afonso Henriques que, em 1173, doa a povoação à ordem de Santiago da Espada. O Centro Histórico da cidade é constituído por casario de traça antiga, florido – a cidade foi outrora considerada a mais florida do país – e vale a pena visitar o seu Património edificado, começando pelo Castelo e seguindo pelas Igrejas de Santa Maria do Castelo (século XV) e de São João Baptista, pelo Convento de Nossa Senhora da Esperança e pela Casa dos Almadas, antigo Paço Real.

GUIA: Fernando António Baptista Pereira
HORÁRIO: 8h30
DURAÇÃO: dia inteiro
LIMITE: 25 pessoas
LOCAL DE ENCONTRO: Entrecampos (em frente ao edifício da CML – Campo Grande, 25)
transporte; almoço; áudio-guia

TABELA DE PREÇOS E INSCRIÇÕES

Subscreva a nossa newsletter