Cursos Livres Cursos Online

Os ex-libris do Jazz: à descoberta de 12 discos históricos

Abertas inscrições para o curso online, coordenado por João Moreira dos Santos, a decorrer entre 7 de maio e 16 de junho.

Centenário, o Jazz encontra-se representado em disco desde 1917. Nestas sessões, João Moreira dos Santos, autor de uma dúzia de livros sobre a história do Jazz e também do programa «Jazz A2» (Antena 2), propõe-se levar os participantes à descoberta de 12 discos unanimemente considerados ex-libris deste género musical. E há muito para contar, desde as estórias ligadas à gravação de cada álbum até à reacção dos músicos e da crítica especializada. Os autores de cada obra estarão também em evidência, assim como a sua eventual ligação a Portugal.

Sessão 01 – Miles Davis, “Kind of Blue” (1959)
Sessão 02 – Charlie Parker, “Jazz at Massey Hall” (1955)
Sessão 03 – Stan Getz e João Gilberto, “Getz/Gilberto” (1964)
Sessão 04 – Keith Jarrett, “The Koln Concert” (1975)
Sessão 05 – Charles Mingus, “Mingus Ah Um” (1959)
Sessão 06 – Dave Brubeck Quartet, “Time Out” (1959)
Sessão 07 – John Coltrane, “A Love Supreme” (1965)
Sessão 08 – Sonny Rollins. “Saxophone Colossus” (1957)
Sessão 09 – Count Basie, “The Atomic Basie” (1958)
Sessão 10 – Miles Davis, “My Funny Valentine” (1964)
Sessão 11 – Ella Fitzgerald, “Ella in Berlin” (1960)
Sessão 12 – Sarah Vaughan, “Sarah Vaughan” (1954)

Coordenação: João Moreira dos Santos
3ªs e 5ªs feiras, das 18h às 18h30
12 sessões | 7 de maio a 16 de junho de 2020
Preço: 100€ não sócios | 90€ sócios

Para mais informações contactar Alexandra Prista
Tel: 965 271 877 ou e-maildivulgacao@cnc.pt


Nota curricular
João Moreira dos Santos
Doutorado em Ciências da Comunicação (ISCTE), João Moreira dos Santos tem realizado o seu percurso profissional entre o mundo académico, empresarial, mediático e cultural. 
Foi docente universitário e assessor ministerial. A nível empresarial, dirigiu a comunicação do Banco de Fomento e Exterior, das multinacionais ABB e Ericsson e da Comissão Nacional de Luta Contra a SIDA, tendo fundado no ano 2000 a sua própria agência. 
Presentemente, é autor do «Jazz a Dois» (RTP/Antena 2), distinguido em 2018 com o Prémio Autores, da Sociedade Portuguesa de Autores, na categoria de «Melhor programa de rádio». Ainda na área dos media, foi crítico de Jazz do jornal A Capital (1995-2000), escrevendo regularmente artigos de fundo para periódicos como ExpressoVisão HistóriaExpansãoAll Jazz e Papel do Jazz. Criou, em 2003, o blogue Jazz no País do Improviso!, que rapidamente se tornou líder de informação jazzística na península ibérica, e colaborou no site norte-americano All About Jazz, tendo entrevistado músicos como Sheila Jordan, Helen Merrill e Jim McNeely.
Tem 12 livros publicados, alguns dos quais representados na Library of Congress, na New York Public Library, na British Library, na Bibliothèque Nationale de France e nas bibliotecas das universidades de Harvard, Yale, Princeton e Columbia. É ainda autor de várias exposições (Assembleia da República, Biblioteca Nacional e Centro Cultural de Cascais), roteiros e palestras culturais (Banco de Portugal e Centro Nacional de Cultura), documentários e espectáculos teatrais/musicais.
Tem criado e produzido diversos eventos culturais de referência, nomeadamente para o Ministério da Economia e para o Centro Cultural de Belém, um dos quais distinguido em 2012 pela UNESCO.

Subscreva a nossa newsletter