Apresentação

Centro Nacional de Cultura é uma Associação Cultural de utilidade pública. Criado no dia 13 de maio de 1945 por um grupo de monárquicos e católicos de oposição ao regime, foi concebido como um “clube de intelectuais” para debate de ideias. Registou os seus estatutos em 1952. 

Sempre com o objetivo da “defesa de uma cultura livre”, nos anos 60, sob a liderança de Sophia de Mello Breyner Andresen, Francisco Sousa Tavares, Gonçalo Ribeiro Telles, João Bénard da Costa e António Alçada Baptista, afirmou-se como um fórum democrático participado por intelectuais e criadores culturais.

Depois do 25 de Abril de 1974, sob o impulso da equipa liderada por Helena Vaz da Silva, iniciou uma nova fase, centrada na internacionalização e na valorização da cultura e do património, com atividades muito variadas e dirigidas a um público diversificado: “Passeios de Domingo”, ciclos de viagens culturais , cursos de formação e de divulgação, encontros internacionais, seminários, exposições, edições, concursos literários e artísticos, prémios e bolsas, atividades infantis, prestação de serviços culturais a escolas, empresas e grupos estrangeiros de visita a Portugal.

No século XXI, o CNC reforça a sua matriz identitária, valorizando a memória histórica, promovendo a criação contemporânea e fortalecendo o debate no plano da cultura e da cidadania ativa. Tem como grandes linhas de ação a defesa, divulgação e valorização do património cultural, com base numa noção integrada de território, comunidade, ambiente, património e turismo. No quotidiano, a sua ação pode resumir-se como uma política de “pôr em contacto”, “articular”, “fazer acontecer”. 

A partir do bairro do Chiado em Lisboa, onde temos as nossas instalações, incluindo uma biblioteca e um café literário (Café no Chiado), desenvolvemos atividades e projetos. O Centro Nacional de Cultura é membro de redes internacionais e assegura a representação oficial da Europa Nostra em Portugal.

 

Corpos Gerentes

DIREÇÃO

Presidente: Maria Calado

Vice-Presidente: João David Nunes

Vogais: Guilherme d’Oliveira Martins, Lourenço de Almeida, Maria Eduarda Gonçalves, Rui Grilo e Marcos Soromenho Santos

 

ASSEMBLEIA GERAL

Presidente: Gonçalo Ribeiro Telles

Vice-Presidente: Pedro Roseta

1º Secretário: Helena Vaz da Silva

2º Secretário: Graça Morais

 

CONSELHO FISCAL

Presidente: Augusto Ferreira do Amaral

Vogais: Duarte Ivo Cruz e Fernando Catarino

 

EQUIPA EXECUTIVA

Diretora-Geral de Atividades: Teresa Tamen

 

GRANDE CONSELHO / CONSELHO DAS ARTES

Presidente: Guilherme d’Oliveira Martins

Alberto Vaz da Silva †

António Alçada Baptista †

Claudio Magris

Daniel Cardan de Lichtbuer

Edgar Morin

Eduardo Lourenço

Enrique Barón Crespo

Federico Mayor

Jacek Wosniakowski †

José Saramago †

Orhan Pamuk

Plácido Domingo

Rüdiger Stephan

Yehudi Menuhin †

Subscreva a nossa newsletter