Home Sobre nós Serviços Novos sócios Bolsas Mecenas Contactos English Français
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"
Helena Vaz da Silva LER BIOGRAFIA

EXPOSIÇÃO DE MARCELLO QUINTANILHA E MARCELO D’SALETE

No âmbito do 29º Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, está patente até ao dia 16 de novembro, na Galeria Fernando Pessoa do Centro Nacional de Cultura (Rua António Maria Cardoso, 68-1º), uma exposição dos trabalhos de dois artistas – Marcello Quintanilha e Marcelo D’Salete.

A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

Marcello Quintanilha nasceu em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, e inicia a sua carreira em 1988. Assinou BDs em publicações como O Estado de São Pualo, Le Monde, Heavy Metal, Internazionale, entre outras. Além de atuar como diretor de animação e colaborar como ilustrador para jornais e revistas como La Vanguardia, El País, Playboy, etc.. Marcello Quintanilha assina igualmente os desenhos da série Sept balles pour Oxford, com textos de Jorge Zentner e Montecarlo (Editions du Lombard). É autor dos álbuns Fealdade de Fabiano Gorila, Tungstênio, Talco de Vidro, O ateneu e Hinário Nacional lançados em Portugal pela editora Polvo, sendo que Tungstênio teve uma adaptação no cinema. Este ano lança Luzes de Niterói, também sob a chancela da Polvo.


Marcelo D'Salete nasceu em São Paulo em 1979, e é professor, ilustrador e autor de banda desenhada.
CUMBE (Veneta, 2014) é a sua obra mais conhecia, onde aborda o período colonial e a resistência negra contra a escravidão no Brasil, tendo sido publicado em Portugal, França, Áustria, Itália e EUA (Fantagraphics).
Foi indicado ao HQMIX 2015 (categorias desenhista, roteirista e edição nacional); selecionado pelo Plano Ler+ para leituras em escolas portuguesas e indicado ao prémio RUDOLPH DIRKS AWARD 2017 (categoria roteiro) na Alemanha. Em julho de 2018, a edição norte-americana do livro, com o título Run For It, venceu o Eisner Awards na categoria Melhor Edição Norte-americana de Material Estrangeiro. Em 2016, relançou o álbum de quadrinhos ENCRUZILHADA, que trata da violência, jovens negros e discriminação em grandes cidades. ANGOLA JANGA - Uma história de Palmares (Veneta, 2017) é o seu livro mais recente que trata dos antigos mocambos da Serra da Barriga.

Edição: 05 de novembro de 2018