Home Sobre nós Serviços Novos sócios Bolsas Mecenas Contactos English Français
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"
Helena Vaz da Silva LER BIOGRAFIA

Ao Encontro da História - O culto do património cultural

O mais recente livro de Guilherme d'Oliveira Martins será lançado no dia 20 de abril às 18h00, no Grémio Literário (Rua Ivens, 37), com apresentação de Emilio Rui Vilar.

Sinopse

Quando referimos o património cultural, há a tentação de pensar que falamos de antigualhas, de coisas do passado, irremediavelmente perdidas. Puro engano! Referimo-nos à memória viva, seja referida a monumentos, sítios, tradições, seja constituída por acervos de museus, bibliotecas e arquivos. Tratamos de conhecimentos ou de expressões da criatividade humana… Ter memória é, assim, respeitarmo-nos. Cuidar do que recebemos é dar atenção, é não deixar ao abandono. Daí que a presente obra procure aliar a ideia de peregrinação, no sentido da demanda de outros lugares e de outras gen­tes, através da sua história, como já se fizera em Na Senda de Fernão Mendes, à memória da cultura e da língua portuguesa, como língua de várias culturas e cultura de várias línguas. Neste Ano Europeu do Património Cultural trata-se de um apelo a que a cultura seja compromisso, cuidado, atenção e conhecimento.

Guilherme d’Oliveira Martins (n. 1952) é ensaísta, pro­fessor universitário e administrador executivo da Fundação Calouste Gulbenkian. Coordena em Portugal o Ano Euro­peu do Património Cultural (2018).

O livro estará à venda nos próximos dias. Os sócios e amigos do CNC poderão encomendá-lo através do Centro Nacional de Cultura.
Encomendas: ttamen@cnc.pt


Edição: 04 de abril de 2018