Jovens Criadores Bolsa das artes 2002/2003 Música

Fernando Miguel Jalôto

Fernando Miguel Jalôto
Instrumentos Históricos de Teclado (Cravo, Órgão, Clavicórdio, Fortepiano)
Maestro al Cembalo
Musicólogo 

Miguel completou os diplomas de Bachelor of Music e de Master of Music em Cravo no Departamento de Música Antiga e Práticas Históricas de Interpretação do Conservatório Real da Haia (Países Baixos), na classe de Jacques Ogg. Frequentou masterclasses com Gustav Leonhardt, Olivier Baumont, Ilton Wjuniski e Laurence Cummings. Estudou também órgão barroco e clavicórdio, e foi bolseiro do Centro Nacional de Cultura. É Mestre em Música pela Universidade de Aveiro, com uma dissertação sobre música de câmara em Portugal no século XVIII. Presentemente é doutorando em Ciências Musicais — Musicologia Histórica na Universidade Nova de Lisboa, como Bolseiro da FCT, e sob a orientação de Rui Vieira Nery e Cristina Fernandes. Foi membro da Académie Baroque Européenne de Ambronay (França) e da Academia MUSICA de Neerpelt (Bélgica)

É fundador e director artístico do Ludovice Ensemble, um dos mais activos e prestigiados grupos nacionais de Música Antiga, membro do REMA — Réseaux Européen pour la Musique Ancienne, e director pedagógico da Academia Ludovice, um curso de verão dedicado ao ensino e divulgação das práticas históricas interpretativas nas áreas da música, dança e teatro. Foi membro da Orquestra Barroca Casa da Música (Porto) entre 2013 e 2020, com quem foi várias vezes solista em concertos para cravo de Seixas, J. S. Bach, C. Ph. E. Bach e Guilhermina da Prússia. Colabora com grupos especializados internacionais tais como Oltremontano, La Galanía, Vox Luminis, La Colombina, Capilla Flamenca e Collegium Musicum Madrid. Em Portugal é membro do Ensemble Bonne Corde (Diana Vinagre) e da Orquestra Barroca Real Câmara (Enrico Onofri). Apresentou-se em vários festivais e inúmeros concertos em Portugal, Espanha, França, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Reino Unido, Irlanda, Noruega, Alemanha, Áustria, Polónia, Bulgária, Israel, China e Japão. Toca frequentemente com a Orquestra e Coro Gulbenkian (Lisboa) e apresentou- se com a Lyra Baroque Orchestra (Minnesota), a Real Escolania de San Lourenço d’El Escorial, a Orquestra Barroca Divino Sospiro, a Orquestra da Radiotelevisão Norueguesa, a Camerata Academica Salzburg, a Orquestra de Câmara da Sinfónica da Galiza e a Real Filarmonia da Galiza, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, o Coro e Orquestra Sinfónica Casa da Música, entre outros.

Trabalhou sob a direcção de alguns dos maiores maestros especializados, como Koopman, McCreesh, Christophers, Rousset, Corboz, Alessandrini, Nicquet, Parrott e Pluhar, entre muitos outros. Gravou para a Ramée/Outhere (cantatas francesas com o Ludovice Ensemble), Brilliant Classics (Integral das Suites para Cravo solo de Dieupart), Dynamic (Concerto para cravo em sol menor de Carlos Seixas), Harmonia Mundi (música ibérica com Andreas Staier), Veterum Musica (sonatas para flauta e cravo obrigado dos irmãos Graun e cantatas portuguesas do século XVIII), Glossa Music, Parati, Anima & Corpo e Conditura Records, bem como para as rádios portuguesa, alemã e checa, e os canais televisivos MEZZO (Ludovice Ensemble), ARTE (em Versalhes, com Christophe Rousset) e RTP.

Recentemente destacam-se um recital a solo dedicado à obra do napolitano Giovanni Salvatore no prestigioso Festival Oude Muziek de Utrecht (Holanda, 2019); uma série de recitais comemorativos da chegada a Lisboa de D. Scarlatti (Lisboa, 2019); um recital de música portuguesa para tecla em Jaca (Espanha, 2020); e um recital de Seixas e Scarlatti evocativo de Maria Bárbara de Bragança no Palácio Real de Santo Ildefonso, a convite do Património Nacional (Espanha, 2021). Como maestro al cembalo dirigiu grandes obras do repertório barroco como as Vésperas de Monteverdi, várias missas e cantatas de J. S. Bach; Timão de Atenas de H. Purcell (com o Teatro Praga); oratórias de A. Scarlatti; óperas de J.-B. Lully, M.-A. Charpentier e Th.-L. Bourgeois; motetos de J.-Ph. Rameau e Charpentier, em salas como a Fundação Gulbenkian, o CCB e a Casa da Música, bem como nos festivais de Bruges, Utrecht, La Chaise Dieu e Alcobaça. 

E-mail: migueljaloto@ludoviceensemble.com
Website: www.ludoviceensemble.com
YouTube: https://www.youtube.com/c/LudoviceEnsemble
Facebook: https://www.facebook.com/ludoviceensemble
Academia Ludovice Ensemble: https://academia-ludovice-ensemble.webnode.pt/

Subscreva a nossa newsletter