Passeios de Domingo

Figuras Históricas da Fundação Calouste Gulbenkian

Sábado, 9 de novembro

Desde que foi criada, graças à generosidade e à visão de Calouste S. Gulbenkian, a Fundação foi uma instituição que impôs um ritmo inovador e de abertura no ambiente da cultura portuguesa. José de Azeredo Perdigão abriu horizontes, foi buscar os melhores espíritos independentemente das opções políticas e assim seguiu o método do fundador de apenas escolher o melhor, ou o “very best”, para usar a sua expressão. Os quatro objetivos estatutários puderam, assim, ser prosseguidos e aprofundados: Artes, Educação, Ciência e Beneficência. Mikhael Essayan, Ferrer Correia, Sá Machado, Emílio Rui Vilar e Artur Santos Silva presidiram sucessivamente à instituição. Iniciativas como o Museu, a Orquestra, as Bibliotecas Itinerantes, o Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), o Bailado, o Centro de Arte Moderna, a revista “Colóquio”, os serviços de Educação e Cultura, a promoção da Educação Artística para crianças… É impressionante o conjunto de realizações. Quanto a personalidades ligada à Fundação, a lista é muito significativa: Branquinho da Fonseca, Delfim Santos, José Marinho, Pedro Tamen, António Quadros, David Mourão-Ferreira, Vasco Graça Moura, Jorge Molder, Yvette Centeno, Madalena Perdigão, Natália Pais, José Sasportes, Eduardo Marçal Grilo, Maria Helena da Rocha Pereira, mas ainda Alexandre O’Neill, João Bénard da Costa e Herberto Helder… Eis o muito que há a descobrir numa fascinante instituição.

Guia: Guilherme d’Oliveira Martins
Horário: 11h00
Duração: manhã
Limite: 25 pessoas
Local de encontro: Edifício Sede da Fundação Gulbenkian

TABELA DE PREÇOS E INSCRIÇÕES 

Subscreva a nossa newsletter