Home Sobre nós Serviços Novos sócios Bolsas Mecenas Contactos English Français
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"
Helena Vaz da Silva LER BIOGRAFIA

JORNAL FALADO EM HOMENAGEM A AFONSO BOTELHO

No ano em que se comemoram 100 anos do nascimento de Afonso Botelho que, com António Seabra e Gastão da Cunha Ferreira, foi um dos fundadores do Centro Nacional de Cultura em 13 de maio de 1945, terá lugar no CNC no dia 30 de abril às 18h30 uma sessão do Jornal Falado, em homenagem a este pensador, filósofo e pedagogo, contando com a presença de familiares e amigos.
Num testemunho enviado aquando dos 50 anos do CNC, Afonso Botelho escreveu “O Centro configurou-se como uma sede de convívio, interessado na procura dos valores culturais e do pensamento que melhor definissem o presente e o futuro da pátria portuguesa, sem vinculação colectiva a qualquer das expressões políticas vigentes. Do meu ponto de vista, estas finalidades, que mantiveram indiscutível a necessidade de um Centro Nacional de Cultura, consubstanciaram-se e consolidaram-se na última fase, em que se debateu a existência da filosofia portuguesa (…). Sem aderir a nenhuma das correntes que afirmavam ou negavam esta forma de ser português, a existência do Centro afirmava então, e, pelo menos, que o pensamento está acima da prática política e dela é independente”.
Edição: 20 de março de 2019