Home Sobre nós Serviços Novos sócios Bolsas Mecenas Contactos English Français
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"
Helena Vaz da Silva LER BIOGRAFIA

SER ARTISTA EM PORTUGAL

Ser Artista em Portugal é um projeto que visa promover um ciclo de conversas sobre arte em escolas com estudantes do terceiro ciclo, antes do momento da escolha das áreas de preferência no secundário. Tem início a 31 de janeiro.

Organizado pelo Centro Nacional de Cultura, com o apoio da revista Egoísta, conta com a parceria da Rede de Bibliotecas Escolares. 

Os convidados destas conversas são artistas tão distintos como escritores, cineastas, músicos, artistas plásticos, bailarinos, coreógrafos, atores ou encenadores, que irão mostrar o seu trabalho, falar do seu percurso, promover a ideia de que alguém que opte pela via artística tem uma carreira possível que pode ser de sucesso.  

Todas as conversas serão filmadas e promovidas posteriormente nas redes sociais do CNC e da Egoísta, e constituirão, no fim do projeto, um filme.

O projeto que agora iniciamos mantém o nome do colóquio organizado em 1998 pelo Centro Nacional de Cultura, nas suas instalações, porque tem na raiz objetivos semelhantes: debater as condições a criar para que a sociedade possa usufruir da mais-valia que os artistas lhe podem trazer. O nosso pressuposto mantém-se: é não só dever da sociedade, mas também seu interesse, apoiar os seus artistas. Mantém-se nos dias de hoje uma tendência conservadora em muitos locais que consiste em dar prioridade à proteção do património relativamente à proteção da criação viva. É preciso, no entanto, não esquecer que os artistas de hoje são o património de amanhã. É por isso que este projeto pode ajudar a reconhecer na nossa política de educação e cultural o papel fundamental que desempenha a criação artística contemporânea como fator de coesão e de progresso. 

É, portanto, com entusiasmo que pretendemos organizar, numa primeira fase, 5 conferências em 5 escolas (ou agrupamentos escolares) de cidades no interior do país onde o acesso e divulgação da arte e da cultura é mais raro. 

As primeiras conversas têm lugar em Beja, Portalegre, Alfandega da Fé, Oliveira do Hospital e Loulé. 

São organizadas com as respetivas Bibliotecas Escolares, através da colaboração da Rede de Bibliotecas Escolares. 

Sessões

Beja
Escola Secundária Diogo de Gouveia
Nuno Saraivacartoonista, 31 de janeiro às 10h

Portalegre
Escola Secundária de São Lourenço
Joana Villaverde, artista plástica, 26 de fevereiro 

Alfandega da Fé
Escola Básica e Secundária de Alfandega da Fé
Jacinto Lucas Pires, escritor e músico, 28 de fevereiro

Oliveira do Hospital
Escola Secundária de Oliveira do Hospital
Patrícia Portela, escritora, encenadora, cenógrafa, 8 de março

Salir, Loulé
Escola Básica Prof. Sebastião José Pires Teixeira – março
Em confirmação
 


 

Organização

 

Parceria

 

 

Apoio

 

 

Edição: 29 de janeiro de 2019