Home Sobre nós Serviços Novos sócios Bolsas Mecenas Contactos English Français
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"
Helena Vaz da Silva LER BIOGRAFIA

A Vida dos Livros

Semanalmente, poderá encontrar a escolha de um livro por Guilherme d’Oliveira Martins. 
UM LIVRO POR SEMANA
José-Augusto França acaba de publicar uma obra que merece atenção. Falo de “Exercícios de Passamento” (Acontecimento, 2005). “Toda a gente morre de paragem do coração, mas uns morrem mais do que outros, não tanto porque da lei da morte se libertem os mais célebres, mas porque têm modos diferentes de passamento, sempre individualizados e conforme viveram, fizeram, sofreram e amaram, e também consoante a causa mortis, natural ou acidental, involuntária ou mesmo voluntária”.
> Ler mais
UM LIVRO POR SEMANA
João Guimarães Rosa (1908-1967) é uma das grandes referências da língua portuguesa. Lembremos a sua obra-prima: “Grande Sertão: Veredas” (37ª edição, Editora Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 1988). Aparentemente, estamos perante a linguagem rural dos sertanejos, que o autor maneja com mestria perturbadora. No entanto, como diz António Cândido: “tudo se transformou em significado universal graças à invenção, que subtrai o livro da matriz regional”.
> Ler mais
UM LIVRO POR SEMANA
Temos hoje de recordar a biografia de Almeida Garrett da autoria de Francisco Gomes de Amorim, num momento muito triste como é o da demolição da última casa do autor de “Viagens na Minha Terra”. Falamos de “Garrett – Memórias Biographicas”, Imprensa Nacional, 1881 a 1884, obra esgotadíssima, mas fundamental. Ao lê-la, percebe-se ainda melhor como houve indiferença e insensibilidade em relação à memória de um dos nossos maiores.
> Ler mais
UM LIVRO POR SEMANA
Bom Ano! Isaiah Berlin é uma companhia de eleição para o início do novo ano. “Rousseau e Outros Cinco Inimigos da Liberdade” (Gradiva, 2005) é uma obra de referência onde se reúnem as célebres conferências radiofónicas emitidas pela BBC em 1952, sobre seis autores que Berlin considera avessos à “ideia” de liberdade.
> Ler mais
UM LIVRO POR SEMANA
Em «A Construção de Jesus – Uma Leitura Narrativa de Lc. 7, 36-50» (Assírio e Alvim, 2004) de José Tolentino Mendonça, encontramos uma análise muito interessante e rica, que se projecta muito para além de um domínio estrito do saber. Está em causa o episódio do banquete em casa do fariseu, em que Jesus é ungido por uma mulher tida na cidade como pecadora.
> Ler mais
UM LIVRO POR SEMANA
Selma Lagerlöf (1858-1940) celebrizou-se pelas sagas de inspiração romântica que encheram o imaginário de muitos leitores da primeira metade do século XX. O livro que hoje escolhemos é da sua autoria e tem como título “Histórias Maravilhosas” (Editorial Minerva, Lisboa, s.d.). Há muito que está esgotado, só se encontra nos alfarrabistas, mas representa um tempo em que o Natal era algo mais do que a corrida às lojas e aos supermercados.
> Ler mais
UM LIVRO POR SEMANA
“O Marquês de Pombal e a Cultura Portuguesa” da autoria de Miguel Real (Quidnovi, 2005) acaba de ser publicado e constitui uma leitura acessível para a melhor compreensão da figura complexa de Sebastião José de Carvalho e Melo. Trata-se de um pequeno livro que contém uma interpretação da vida e obra do estadista do século XVIII (...)
> Ler mais
UM LIVRO POR SEMANA
Acaba de ser reeditado o livro “Repensar Portugal” (Multinova, 2005), da autoria do Padre Manuel Antunes (1918-1985), nas vésperas do Congresso Internacional, que assinala (com o apoio do CNC) a memória de uma das figuras mais marcantes da cultura portuguesa do século XX. A obra publicada originalmente em 1979 manteve, passados estes anos, uma curiosíssima jovialidade, que não é fácil de acontecer quando estamos perante ensaios políticos e sociais.
> Ler mais