Home Sobre nós Serviços Novos sócios Bolsas Mecenas Contactos English Français
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"
Helena Vaz da Silva LER BIOGRAFIA

5 de março - Dia Camilo Pessanha

Dia dedicado à vida e obra do poeta Camilo Pessanha, o autor de Clepsidra (1922), obra marcante da poesia do século XX português, publicada por Ana de Castro Osório, que então teve a lucidez e premonição que permitiu então salvar o essencial da sua obra.

Foi admirado pela geração do Orpheu, influenciando-a nitidamente na sua palavra, no seu ritmo e nas suas imagens, como o assim afirmaram Fernando Pessoa e Sá-Carneiro. Hoje é evidente que a obra de Camilo Pessanha é mais forte e importante do que a sua referência à escola simbolista. Como os maiores artistas, Pessanha liberta-se de cânones ou regras, preferindo encontrar um caminho próprio e usar a plasticidade essencial das palavras e dos sons.

No ano em que se assinalam 150 anos desde o seu nascimento, o CCB dedica este dia a um nome maior da nossa literatura.

Produção | CCB

Em colaboração com o Centro Nacional de Cultura

Ciclo Literatura e Humanidades / Dias Literários CCB 

PROGRAMA

5 março 2017 | 15:00 | Sala Sophia de Mello Breyner Andresen

Entrada Livre, mediante a disponibilidade da sala

 

15h00 - Abertura

Elísio Summavielle

Guilherme d’Oliveira Martins

 

15h20 - Camilo Pessanha Poeta

Fernando Cabral Martins - A Força da Imaginação

Fernando Pinto do Amaral - A Melancolia de Camilo Pessanha

 

15h45 - Camilo Pessanha em Macau

Ana Paula Laborinho - Camilo Pessanha e a Experiência Oriental

António Graça de Abreu - Camilo Pessanha e a Poesia Chinesa

 

16h20 - Intervalo

 

16h50 - Camilo Pessanha Hoje - Depoimentos

Gastão Cruz

Nuno Júdice

Raquel Nobre Guerra

 

17h30 - Leitura – Poemas de Clepsidra

por Inês Lago e Pedro Sousa Loureiro

com acompanhamento à guitarra por João Silveira.

 

17h50 - Encerramento

 

Edição: 03 de março de 2017